quinta-feira, 14 de março de 2013

Catedral de Notre-Dame - Paris

A Catedral de Notre Dame, em Paris, está completando 850 anos...!!!
A Catedral foi construída em estilo gótico e é dedicada à Maria, Mãe de Jesus Cristo (Notre-Dame = Nossa Mãe). Ela fica situada em uma ilha, rodeada pelas águas do Rio Sena.
Visitamos a Catedral a noite (só por fora) e durante o dia, por dentro...

Esta é a fachada ocidental da Catedral e é principal e também a de maior popularidade.


Esses são três portais e surgiram em diferentes épocas.

O Portal de Santa Ana (direita) , Portal da Virgem (esquerda) e o Portal do Julgamento (no meio). 

Esta é a fachada do transepto.

Durante o dia, a Catedral de Notre-Dame parece outra... é muito mais linda. Esta é a Fachada Principal.

Os três Portões. Aqui, é possível ver a Galeria dos Reis, com 28 estátuas e podem estar representando figuras do antigo testamento ou ainda, os monarcas franceses.






A Cabeceira da Catedral.

Ao longo de todas as fachadas da Catedral é possível ver as "gárgulas", que povoam o romance de Victor Hugo, "O Corcunda de Notre-Dame", onde Quasímodo (o corcunda) se apaixona por uma cigana chamada Esmeralda. Na história, o corcunda vive trancado no campanário da Catedral tocando sinos e com a companhia de três gárgulas: Victor, Hugo e Laverne. A ilustração no monumento na história abre portas para a nova vontade de conhecer a arquitetura.
"E a catedral não era uma companhia só para ele, era o universo, ou melhor, mais, foi a própria Natureza. Ele nunca sonhou que havia cercas vivas que não sejam as janelas de vidro colorido em flor perpétua; sombra que não o da folhagem pedra sempre nascente, carregado com pássaros nas matas de capitais saxões; outras montanhas do que as torres colossais da igreja, ou outros oceanos que Paris rugindo em seus pés." (Victor Hugo - Notre Dame de Paris, 1891).
Na realidade, essas "gárgulas" são figuras monstruosas, que escondem os canos de drenagem dos tetos da Catedral.
Acredita-se que as gárgulas eram colocadas nas catedrais Medievais para indicar que o demônio nunca dormia, exigindo vigilância contínua das pessoas, mesmo em locais sagrados.

Por dentro da Catedral. O estilo gótico sugere a ligação entre o céu e a terra.

A evolução na Construção da Catedral.


A Rosácea. Possui 13 metros de diâmetro.

Os sinos da Catedral de Notre-Dame são patrimônios históricos da Catedral. Alguns sinos foram derretidos na época da Revolução Francesa e usados para serem feitos canhões. Seu badalo só ocorre em eventos de grande importância, como a visitas do papa, comemorações, funerais presidenciais. Desde o ano passado, os sinos da Catedral estão sendo derretidos e substituídos por nove novos sinos e isto está ocorrendo porque os mesmos perderam o tom devido ao desgaste do cobre.
Em comemoração aos 850 anos, alguns sinos estão expostos no interior da Catedral.
Fotos: Estilo da Cris
Espero que gostem da Catedral e também da história dela! Pesquisei um pouco para fazer este post porque acho bacana não conhecer só o local, mas também entender sua história... O blog também é cultura! rss...

5 comentários:

  1. Muito legal Cris! Lugar lindoooo!

    Bjos!


    Caroline Vieira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, né Carol!!!
      De perto é ainda mais encantador!!!
      Bjos

      Excluir
  2. Q encanto, gosto muito desse estilo de igreja ou melhor, desse modelo, parece tudo muito mágico e real.
    Gostei também da sua boína, linda.
    Bjs bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Josele!!!
      A Catedral é encantadora msm! Sua história, seu estilo, a construção incrível e pomposa... tudo é incrível!
      A boina eu comprei lá em Paris msm, numa lojinha. Tava muuuuito frio nos dias que estive lá.. era difícil de sair sem chapéu, boina ou protetor de ouvido!!
      Bjão

      Excluir
  3. Q encanto, gosto muito desse estilo de igreja ou melhor, desse modelo, parece tudo muito mágico e real.
    Gostei também da sua boína, linda.
    Bjs bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...